Dança é a arte de movimentar expressivamente o corpo seguindo movimentos ritmados, em geral ao som de música.

Você sabia que no Dia 29 de abril comemoramos o dia Internacional da Dança? Nada mais que proveitoso falarmos sobre a importância dela na educação infantil, não é mesmo?

É difícil encontrar quem não gosta de dançar, não é verdade? Adultos e crianças se envolvem nesse movimento contagiante que além de proporcionar momentos prazerosos, ela nos beneficia em nossa saúde emocional, mental, ou física.

Ao dançar a criança aprende as noções de espaço, sequencias de coreografias, padronização e uma conscientização do próprio corpo.
Desenvolver a musicalidade e a expressão corporal na educação infantil é muito importante não só para trabalhar atividades que envolvam música e dança, mas também para o reconhecimento de seu corpo, de suas possibilidades e limitações espaciais, temporais e laterais. Nesse sentido, o trabalho com a música e com a dança pode favorecer o desenvolvimento corporal da criança, facilitar a socialização e contribuir para o relaxamento muscular e psicológico além de promover a diversão.

É difícil imaginar uma criança que ao ouvir uma música não acabe dançando. Esse comportamento vem desde muito cedo devido as vivencias em diferentes situações nas quais os adultos mesmo sem perceber, acabam passando essa ideia de que música também é para dançar e expressar diferentes emoções.

Já que a dança promove tantos benefícios, vamos dançar?

Segue abaixo links com sugestões de músicas para a família dançar e se divertir:

• Cabeça, ombro, joelho e pé.

• King Kong e seu king konguinho

• Funk do cachorro caramelo

• A dança dos passarinhos

• Cantigas de rodas

• Panda e os caricas