Devido aos surtos de Dengue, Zika e Chikungunya que têm ocorrido em nosso país é necessário que as crianças aprendam a se prevenir a partir de pequenas e fáceis atitudes.

Esse é um tema que está a todo o momento nos noticiários e chama bastante a atenção! E as crianças também estão bem atentas!

Diante da importância de se prevenir, a turma do 2º Ano desenvolve um projeto na disciplina de Ética que os ajuda a conhecer estratégias para evitar e/ou se prevenir contra essas doenças.

Eles conheceram a origem do mosquito transmissor dessas doenças, por que esse assunto tem sido tão discutido nas mídias, nas escolas e nas comunidades. Identificaram as causas de ocorrência de epidemias, conheceram as diversas formas de contágio das doenças e seus sintomas.

A partir desse conhecimento, as crianças aprenderam sobre a prevenção e o tratamento. Entenderam que prevenir é o único jeito de acabar com o mosquito e com as doenças que ele transmite. São incentivadas a adquirir hábitos e atitudes que colaboram para acabar com os criadouros do mosquito como, não deixar água acumulada, trocar todo dia a água dos animais, lavar os recipientes em que os bichos de estimação bebem água todos os dias, passar repelente, entre outras ações.

O objetivo do projeto também é possibilitar que os alunos reconheçam a importância dos hábitos de higiene como forma de manter a saúde e prevenir doenças, que entendam que a dengue interfere no aproveitamento escolar e na vida do doente, pois afasta a criança na escola e o adulto no trabalho. O projeto reforça que é preciso aplicar os conhecimentos adquiridos com toda a pesquisa que fizeram, porque não basta só saber como faz para eliminar o mosquito, é preciso agir.

A partir de uma sensibilização com reportagens, vídeos e gráficos, e com muitas discussões coletivas, as crianças aprendem como podem ser afetadas pelas doenças, o quanto os sintomas são ruins para quem fica doente e a quantidade de pessoas que já foram infectadas.

Elas também construíram cartazes para apresentar o conhecimento adquirido por elas a outras pessoas com o objetivo de incentivar e ensinar como acabar com o mosquito.

Com esse projeto, espera-se que as crianças também entendam que cada um precisa fazer a sua parte.
Que não adianta deixar para o outro porque alguém será prejudicado se a prevenção não for feita.

Com todo o conhecimento aprendido por elas, estaremos mais perto de acabar com o mosquito e diminuir a quantidade de casos das doenças Chikungunya, Zika a Dengue.

Esse Artigo foi escrito pela professora Nathália Zappala, do 2º Ano do Turno da Tarde.