Mordidas e pequenos conflitos entre os colegas na escola

jul 6, 2021 | Sem categoria

No dia a dia das escolas infantis, um episódio comum de acontecer são as mordidas. Principalmente nas turmas de crianças com aproximadamente dois anos. Mas você sabe por que isso acontece? Nessa idade a criança encontra-se na fase oral e está começando a aprender a se expressar e se relacionar com o mundo, seu vocabulário costuma ser limitado e ainda não compreende tudo aquilo que está sentindo. 

De acordo com Dulce Maria, coordenadora pedagógica e psicóloga do Sistema Lamaxi de Ensino, nem sempre a mordida é uma agressão por parte da criança. “Para algumas crianças é uma demonstração de amor. Principalmente quando os pais dão aquelas ‘mordidinhas de amor’”, afirma Dulce.

O que fazer quando a criança morde?

Quando a criança morde outra pessoa, seja adulto ou criança, é importante que os pais ou responsáveis no momento da agressão a façam refletir sobre o que fez, para que entenda que há outras maneiras de conseguir o que deseja.

Agora, se o papai ou a mamãe presenciar a mordida ou quando há um episódio relatado pela professora, o importante é manter a calma. O melhor a fazer é abaixar na altura da criança e falar firmemente: “Isso dói! Não pode!”.

Já a escola, por sua vez, tem a tarefa de mediar essas relações entre as crianças e seus familiares, a fim de amenizar os sentimentos negativos da situação.

Na sala de aula quando fazemos a roda de bate papo criamos situações em que as crianças aprendem a estabelecer os limites dentro da mesma, mostrando para os alunos que devem respeitar os amigos, tratá-los bem, com carinho e mostrar que a criança machucada fica triste, que chora por ter sentido dor.

Por fim, sempre incentivamos um gesto de carinho nos colegas e professoras!